Fazemos acontecer

Papai Noel emociona pacientes e funcionários da Santa Casa

Publicado em 16 de Dezembro de 2013.
Foto: Clara Simoni.

Visita aconteceu no final da tarde deste domingo (15)

A menina Daniele Pereira da Silva, de 11 anos, esqueceu por alguns minutos a tristeza e o desconforto de estar na Santa Casa após uma crise renal. No final da tarde de domingo, surpresa ao ver a visita do Papai Noel e da Mamãe Noel cantores, de quem ganhou uma bola amarela, ela soltou a voz e cantou com eles a letra inteirinha da canção Vagalumes (“Vou caçar mais de um milhão de vagalumes por aí/ Pra te ver sorrir/ Eu posso colorir o céu de outra cor”).

A visita fez mesmo Daniele sorrir, além de provocar lágrimas em outros momentos. E coloriu, ainda que de forma breve, o cotidiano quase sempre triste de quem está numa cama de hospital. “Ela lembra inteirinha a letra, até a parte falada, porque foi a música que eles cantaram na formatura”, conta a mãe de Daniele, Jocelaine, que estava fazendo aniversário no domingo. “Eu já fiz ultrassom para ver o tamanho da pedra, mas o médico acha que vai dar tudo certo”, diz Daniele, com esperança.

A visita é um dos pontos altos da programação da Casa de Noel, que entrou em 2013 no seu 14º ano consecutivo de realização. O projeto é uma parceria do MBM Escritório de Ideias com a Setur (Secretaria Municipal de Turismo), estando inserido no Canta Noel, que por sua vez faz parte do Luz e Arte, parceria da Setur com a Ação Cultural e a Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba).

A passagem pela Santa Casa acontece há nove anos, e por um motivo muito pessoal, como explica o publicitário Bruno Fernandes Chamochumbi, que assume o personagem desde o começo do projeto e que neste ano tem a companhia da cantora Lívia Figueira como Mamãe Noel. “Em 2004, meu filho mais velho, Antonio, teve problemas logo ao nascer e ficou 12 dias na Unidade de Terapia Intensiva neonatal. Desde então passei a incluir essa visita na programação do projeto, que existe desde o ano 2000. Escolhi que em vez de mandar cartão, brinquedo ou cesta de Natal, eu ofereceria carinho na forma de presente”, conta.

A preparação para a visita – que passou por várias alas, como a pediatria, a ortopedia e as UTIs infantil e adulta – começou no hall do hospital, com música (as canções A Paz e Natal Todo Dia, do grupo Roupa Nova), e uma corrente de oração de braços dados. A auxiliar administrativa Irani Aparecida Campos e a telefonista Arlete Gandro ficaram impressionadas. “É muito importante esta visita para eles, principalmente para as crianças, porque é uma mensagem de que eles não estão sozinhos nesta data”, diz Irani.

A frentista Daiane Cristina Maciel sabe bem disso. Ela está na ala pediátrica desde segunda-feira com a filha Lavínia (foto), de um ano e sete meses, com suspeita de pneumonia. “Eu achei muito legal porque quebra a rotina. Eu tenho mais dois filhos, mas estou me dedicando nesses dias apenas a ela”, afirma.

No Emcor, a cabeleireira Eliana Altafini Baboni está há 40 dias, em fase de recuperação depois da cirurgia de ponte de safena. “Fiz a operação no final de outubro, a recuperação é difícil, mas o remédio é paciência”, afirma. Ainda sob o efeito do trauma de um acidente automobilístico na manhã de domingo em frente ao Shopping Piracicaba, uma família inteira aguardava resultados dos exames. O pai, o caldeireiro Claudecir Roberto Costa, estava com colar cervical numa maca, e tinha o tempo todo as mãos apertadas pelos dois filhos, Carlos, de 12, e João Pedro, de 10. “A sorte é que não aconteceu nada para os meninos. Agora vamos esperar o que os médicos dizem, mas agora estou com mais fé. Essa visita deixa a gente mais animada”, conta a mãe, a dona de casa Janice Aguiar Costa, de 28 anos.

Na maternidade, Mariele Santa Fé Felício comemorava a chegada ao quarto da filha Sophia, que nasceu prematura, com sete meses e meio. “Ela nasceu no dia 20 de novembro e estava na UTI neonatal. Eu vinha todos os dias, mas hoje é o primeiro dia que ela está no quarto. Vou poder dormir com ela do meu lado”, diz, animada, segurando a bola cor-de-rosa que a filha ganhou de Papai Noel.

São histórias de vida e de resistência que emocionam, especialmente nas unidades de terapia intensiva, em que se assiste à luta pela vida dos pacientes. É uma experiência que a farmacêutica Kelly Camargo, da distribuidora de medicamentos Samapi, repete desde 2010. Neste ano, ela levou junto o marido, a filha e uma amiga da filha. “Eu venho como representante da empresa, que é parceira do projeto. Mas eu guardo o que acontece durante o ano, porque é uma lição de vida. É sempre uma emoção diferente”, diz.

PROGRAMAÇÃO
As atrações da Casa de Noel prosseguem na quarta-feira (18), com o show especial de Papai Noel Cantor, acompanhado pela Panetone Banda, no Sesc. Destinado às entidades sociais da cidade, o espetáculo gratuito começa às 19h e é aberto à população. Na sexta-feira, dia 20, é a vez de mais uma atuação social, com uma visita aos idosos do Lar Betel. Começa às 17h30 e não é aberto ao público. O encerramento está marcado para o dia 21, com o show no entorno do Casarão do Turismo, às 20h.

No mesmo local, vai até o dia 23 de dezembro a Casinha de Noel, que apresenta cinco ambientes criados por arquitetas e decoradoras piracicabanas. A Casinha está aberta para visitação de quarta a sexta-feira, das 14h às 20h, e aos sábados, domingos e feriados das 10h às 20h. A entrada é gratuita. O Casarão do Turismo fica na avenida Alidor Pecorari, s/nº.

O projeto tem apoio de MZM Construtora, Radio Jovem Pan, ArteLuz, Secretaria Municipal de Ação Cultural, Radio Onda Livre, Lavanderia Santa Clara, Loja Tear, Revista Tutti Condomínios, Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba, Sesc Piracicaba, NET Piracicaba, Novaes Brindes, Colégio Poli Brasil, Thais Fantasias, Gazeta de Piracicaba, Samapi Distribuidora, Fale Fácil e Educativa FM.

A Casa de Noel é um projeto cultural realizado desde o ano 2000 pelo MBM Escritório de Ideias. Em 2007, a Casa de Noel foi incorporada como atração pelo projeto Canta Noel, da Setur. Em 2009, surgiu na cidade o projeto Luz & Arte, da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), da Setur (Secretaria Municipal de Turismo) e Semac (Secretaria Municipal da Ação Cultural), que incorporou o Canta Noel como uma de suas ações para o fim do ano.

Mais Notícias Ver todas


Index Soluções
MBM Escritório de Ideias.
Rua Professor Luiz Curiacos, 109 – salas 513 e 514   Cidade Jardim   CEP 13416-461   Piracicaba SP  Fone 19 3371 5944  contato@mbmideias.com.br