Fazemos acontecer

União de talentos - Revista Village Arte Decor

Publicado em 03 de Novembro de 2015.
Foto: Fabiane Ducatti

Por cristiane Sanches

A maior mostra de arquitetura, decoração e paisagismo que Piracicaba já viu tem dois idealizadores: os publicitários Bruno Fernandes Chamochumbi e Eduardo Pelaes. Eles decidiram unir seus talentos para criar o Village Arte Decor e, com isso, impulsionar o início do processo de revitalização do histórico e emblemático bairro Monte Alegre. Nesta entrevista eles falam
do processo de criação e execução do projeto, dos desafios, supresas e planos para o futuro da mostra. 
 
Village Arte Decor - O evento um projeto ousado e inovador. De onde veio a ideia e o know how para realizar essa mostra?
Eduardo Pelaes – Trabalhei com grandes mostras de arquitetura, design e paisagismo por quase 10 anos. Ao longo de todo este tempo, acumulei muita prática e conhecimento nesta área que tem crescido de forma expressiva no Brasil. No ano passado, decidi partir para uma ‘carreira solo’ e me tornar um empreendedor de eventos desta natureza. Em conversas com Bruno Chamochumbi, a quem já conhecia e com quem já havia trabalhado em eventos anteriores, expus minhas ideias e propus uma parceria. Além de ser um empresário e profissional
bem conceituado, Bruno tem excelente relacionamento com representantes dos mais importantes segmentos da cidade. E acabou dando muito certo.
 
Bruno Chamochumbi – Adoro desafios. A perspectiva de formar essa parceria com Eduardo Pelaes e promover a maior mostra de arquitetura, design e paisagismo que Piracicaba já viu me deixou extremamente motivado. O Eduardo tem grande experiência nesta área, o que nos dá muita segurança. É interessante observar, também, que eu realizei a primeira mostra de decoração na cidade, que foi a Casa de Noel, em 2000. O evento ocupou um antigo sobrado da rua Governador Pedro de Toledo, que foi totalmente reformado por vários arquitetos e designers de interiores da cidade. Foi um marco. No ano seguinte, promovi a revitalização da sede da Società Italiana, outro patrimônio histórico importante da cidade.
 
Por que o Monte Alegre?
Bruno – Por muitas razões, a começar pela grande simpatia e afeição que os piracicabanos, em geral, têm pelo bairro. O Monte Alegre é um tesouro, um patrimônio inestimável para todos nós. Eu, especialmente, tenho uma ligação pessoal com o bairro, já que meu avô Eduardo Fernandes foi gerente da Usina Monte Alegre em seus áureos tempos. 
 
Eduardo – Quando pensamos em realizar uma mostra como o Village Arte Decor, em Piracicaba, queríamos algo absolutamente inédito, diferente, inovador. Para isso precisávamos de um espaço que só poderíamos ter no Monte Alegre, com belas paisagens, amplitude, excelente localização. Sabíamos também que encontraríamos receptividade por parte do Balú Guidotti (Wilson Guidotti Júnior, proprietário da área), que vinha procurando alternativas de promover a revitalização do bairro por meio de parcerias com a iniciativa privada.
 
Vocês são sócios neste projeto. Como se dividiram para realizar um trabalho tão grande e exaustivo?
Bruno – É realmente um trabalho gigantesco, que envolveu uma equipe enorme e muitos parceiros. Cada um de nós tem um papel definido nesta empreitada. Eu, por exemplo, com o apoio da minha equipe do MBM Escritório de Ideias, cuido da divulgação do evento, da captação de parceiros comerciais, da programação cultural e artística, da elaboração e execução da revista do evento.
 
Eduardo – A mim coube toda a coordenação das obras; o atendimento aos arquitetos, designers e paisagistas; da rotina administrativa e financeira da empresa que criamos para fazer a mostra. Porém, estamos entrosados o suficiente para saber tudo o que acontece na área sob responsabilidade do outro. A sintonia é grande.
 
Qual foi a parte mais desafiadora durante a execução da mostra?
Bruno – Entre a concepção do projeto e sua concretização, o Village Arte Decor foi e continua sendo uma sucessão de desafios. É um evento gigante, que envolve centenas de pessoas, investimentos da ordem de R$ 4 milhões, parcerias importantes e grandes expectativas por parte de todo mundo. Mas estamos certos de que será um estrondoso sucesso. 
 
Eduardo – Sim, é uma mostra que nasce vitoriosa por ser diferente e inovadora. Estou certo de que cada visitante irá se surpreender com o que vai encontrar no Village. Ele poderá interagir com os ambientes, testar seus sentidos em várias situações. Creio que este é um dos nossos maiores desafios: inovar e surpreender. É aí que está o futuro do projeto. Outro desafio comum em mostras de arquitetura são os prazos que precisam ser cumpridos (risos).
 
E as boas surpresas? Quais foram?
Bruno – Confesso que, muitas vezes, o trabalho para realizar uma mostra dessa magnitude chega a ser insano (risos). Mas é cheio de boas surpresas. A começar pela qualidade dos projetos dos ambientes desenvolvidos pelos profissionais de arquitetura, paisagismo e design de interiores. Sei que todos são muito competentes, mas eles sempre conseguem nos surpreender e se superar na criação dos projetos.
 
Eduardo – Muitas coisas boas nos surpreenderam e continuam nos surpreendendo todos os dias no Village. Posso mencionar várias: o apoio da comunidade do bairro ao nosso projeto, a dedicação da nossa equipe, a adesão de parceiros de expressão nacional e até internacional ao nosso projeto, o acolhimento da mídia, enfim, muita coisa tem superado nossas expectativas nesse processo todo, que já dura mais de um ano.
 
Em algum momento a crise chegou a intimidar vocês neste projeto?
Eduardo – É sempre motivo de preocupação quando o país passa por uma instabilidade financeira e política, como acontece agora com o Brasil, mas a gente não pode congelar projetos e esperar de braços cruzados que as coisas melhorem e aconteçam. 
 
Bruno – Correr riscos faz parte do mundo dos negócios. É claro que esses riscos precisam ser bem calculados, especialmente num cenário de crise. De qualquer forma, essa instabilidade econômica não nos intimidou, tanto é que o Village Arte Decor é uma realidade.
 
Com a primeira edição em Piracicaba, o Village Arte Decor espera chegar a outros lugares no futuro?
Eduardo – Sim, está nos nossos planos levar essa mostra a outras cidades paulistas e, quem sabe, a outros estados brasileiros. Apostamos no sucesso deste empreendimento.
 
Bruno – O Village Arte Decor é um projeto muito grande e vai expandir seus horizontes porque foi concebido para ser itinerante. É irreversível.

Mais Notícias Ver todas


Index Soluções
MBM Escritório de Ideias.
Rua Professor Luiz Curiacos, 109 – salas 513 e 514   Cidade Jardim   CEP 13416-461   Piracicaba SP  Fone 19 3371 5944  contato@mbmideias.com.br